Avanços no Tratamento da Doença de Parkinson

A farmacêutica americana AbbVie encontra-se na 3ª fase do ensaio clínico do novo medicamento, ABBV-951, subcutâneo, destinado a pacientes portadores da doença de Parkinson, que já se encontrem num estado avançado da doença.


Durante a 3ª fase do estudo (NCT04380142), que contará com 130 participantes, dos EUA e Austrália, será avaliado a segurança e eficácia da terapia com o ABBV-951, quando administrada continuamente, 24 horas por dia, por meio de um sistema de infusão.

Avaliação efectuada terá em conta pareceres médicos, analises ao sangue, observação dos efeitos colaterais e as respostas aos questionários.


Relembramos que a doença de Parkinson é uma doença neurodegenerativa, sem cura, onde há um distúrbio dos movimentos que acabam por afectar a capacidade, do doente, de realizar as suas actividades diárias.

No âmbito das doenças neurodegenerativas, esta é a segunda doença mais comum em todo mundo. Segundo a Associação Portuguesa de Doentes de Parkinson, em Portugal, no ano de 2019, a doença afectava entre 18 a 20 mil pessoas, sendo que a cada ano são diagnosticados cerca de mais 2000 casos.


É com esperança no futuro, que saudamos todos os desenvolvimentos científicos que, directa ou indirectamente, contribuem para uma melhor qualidade de vida, destes doentes. E é também a cada passo que se incrementa a esperança de que um dia o caminho nos leve à sua cura.



Dica do dia...

"A esperança é o sonho do homem acordado." - Aristóteles


0 comentário